Visitantes
HojeHoje20
OntemOntem39
Nesta SemanaNesta Semana341
Neste MêsNeste Mês945
GeralGeral308937

Organograma: Definição, visão clássica, funcionalidade e aspectos técnicos

A maneira como a empresa se organiza para operar seus negócios pode ser apresentada, visualmente, através de um organograma. Organogramas permitem a compreensão da estrutura formal de poder e a relação hierárquica entre os entes que integram a estrutura de um empreendimento, público ou privado, com ou sem fins lucrativos. Embora não exista um padrão uniforme para todas as empresas, alguns aspectos se apresentam com mais frequência:

Modelo: O modelo piramidal é o mais comum dos modelos.  Presume a existência de um núcleo central de poder, abaixo do qual núcleos são estruturados, também na forma de pirâmide. Núcleos superiores são desdobrados em níveis menores, partindo-se do nível estratégico, depois para o tático e, por último, para o nível operacional;

Órgãos: As “caixinhas” do Organograma - como são chamados os retângulos que forma o desenho de uma estrutura - possuem o mesmo tamanho, independentemente do espaço a ser ocupado pelo nome ou título deste ou daquele órgão. Alguns estarão associados à atividade ‘fim’, tal como ocorre com produção e vendas. Outros, por outro lado, estarão vinculados às atividades meio, a exemplo de RH, Finanças e Contabilidade.

Titulação dos órgãos: Os níveis hierárquicos podem receber um nome derivado do título do cargo do seu ocupante, tal como ocorre quando temos uma gerência de Recursos Humanos (órgão) sendo liderada por um(a) gerente de Recursos Humanos. A visão hierárquica pode também ser expressa a partir de terminologias que, dependendo do modelo, possuem ou não vinculação com o cargo do titular do órgão. Isso ocorre, por exemplo, quando a Organização utiliza-se dos termos ‘área’, ‘departamento’, ‘setor’ e afins. ‘Diretor’ é um cargo; ‘diretoria’, um órgão.

Linha e ‘staff’: Os organogramas demonstram, predominantemente, posições de ‘linha’ e posições de ‘staff’. O termo ‘linha’ refere-se às posições de comando; cargos executivos (vice-presidentes, diretores, superintendentes, gerentes, supervisores e afins). As posições de ‘staff’, por outro lado, envolvem assessoria, aconselhamento; cargos técnicos-profissionais.  A Diretoria Industrial é um exemplo de posição de ‘linha’. A Assessoria Jurídica, por outro lado, é um exemplo de posição de ‘staff’. Cargos de ‘staff’ orientam ou recomendam ações nesta ou naquela área, principalmente para os níveis hierárquicos superiores da Organização.

Funcionograma: Organograma é diferente de um ‘funcionograma’. Enquanto o primeiro apresenta visualmente os órgãos de uma unidade de negócio ou de um empreendimento, o funcionograma pode auxiliar na demonstração dos diferentes níveis de importância que existem entre cargos (o mesmo que linha de acesso preferencial).
O organograma é apresentado verticalmente em camadas ou níveis de reporte ao gestor principal. Esse é um assunto, no entanto, para outro ‘post’.

Marcelino Tadeu de Assis

Marcelino Tadeu de Assis, Graduado em Administração e pós-graduado em Gerência Empresarial.  Experiência nas áreas de remuneração, benefícios, designação internacional, indicadores de gestão e relações trabalhistas, com ações e projetos desenvolvidos nos demais subsistemas da gestão de RH. Integra o corpo docente da UNESA e UGF.  Desenvolveu cursos e palestras em entidades, como IBRAE / FGV, FEFIS, UNIFAL, MUDES, FSJ, PUC, FABES, UFRJ, UCB, UCAM, Trevisan, IIR, IBC, FaMEC, Dialogia e IQPC.  Atuou como membro da banca de concursos públicos do CepUERJ. Membro da Organização Mundial de Remuneração, Benefícios e Ambiente de Trabalho entre 1997-04, bem como do GES e Grupisa.  Certificado pela InsideOut Advantage e pela Six Sigma Academy.  Autor dos livros “Remuneração – Integrando Sistemáticas de Recompensa & Reconhecimento” (2002), “Indicadores de Gestão de RH” (2004), Indicadores de Gestão de Recursos Humanos:  Utilizando Indicadores Demográficos, Financeiros e de Processos para a Gestão do Capital Humano (2005).  Profissional do Ano em Remuneração (Grupisa/1997).

 

ico_voltar

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
  • acf.jpg
  • anitec2.jpg
  • duque.jpg
  • iapp.jpg
  • sbgc2.jpg